9 de ago de 2012

PAZ na Mídia

A Meliponicultura em Mato Grosso tem avançado bastante. Peixoto de Azevedo tem se destacado pelo empenho ao cronograma de trabalho estabelecido. O Meliponário já está ampliado e as reproduções de outubro estão garantidas. Outro fator de destaque é a cobertura da Mídia local que tem prestigiado todos os eventos. O resultado desta cobertura é que novos Meliponicultores estão aderindo ao Programa de Meliponicultura de PAZ e novas colônias estão sendo instaladas, ampliando ainda mais rapidamente o plantel atual. As conversas com o Governo Estadual tem avançado e a expectativa é que em breve a parceria com o Estado possa ser efetivado, garantindo a continuidade do projeto. As fotos: Filmagem dedicada para mostrar o mel produzido pelas abelhas nativas. Secretários do Governo Estadual em visita de campo no Meliponário. Reunião técnica.


Visite o Link do filme: http://www.youtube.com/watch?v=calB-F5AQXU

6 de jul de 2012

As Meliponas e o Jacaré

Richard o biólogo corajoso e grande caçador de cobras, jacarés, escorpiões e outros bichos mais é colocado a prova frente as dóceis  e inofensivas abelhas sem ferrão.
Veja o link  http://www.youtube.com/watch?v=5fSVAO4swMw&feature=relmfu

30 de jun de 2012

Vídeo da Meliponicultura em PAZ

A inauguração do Meliponário Matriz de Peixoto de Azevedo foi registrada pela rede de TV local. Vale a pena dar uma espiadinha, principalmente no que diz o Prefeito Sinvaldo, que trata da Meliponicultura como uma grande rede de alianças para a melhoria na qualidade de vida para o agricultor. 

Veja o filme no link:

28 de jun de 2012

Richardson e Fernando levantam a bandeira da Meliponicultura na Rio + 20

Vamos mostrar a Meliponicultura de 18 à 22 de junho no Teatro Maria Clara Machado - Gávea - RJ. Todos estão convidados para compartilhar do espaço reservado para as nossas Abelhas Nativas Sem Ferrão. 

4 de jun de 2012

O Surpreendente Mato Grosso e a Meliponicultura

Depois de longos e bons anos trabalhando em Amazônia, Mato Grosso reserva surpresas incríveis a cada período. Agora estamos na primavera em Mato Grosso, os que não são abelhudos contam apenas verão e inverno por aqui, ilhas de florestas com árvores floridas e das mais variadas cores. É um espetáculo exuberante a força da floresta de Mato Grosso. E as nossas abelhas nativas passam por um banquete de diversidade de flores dos mais apreciáveis. O entra e sai das abelhas nativas agora, nada tem haver com início discreto e chuvoso deste ano. Nas fotos : destaco a entrada que a Melipona seminigra fez em apenas 10 dias após reprodução. As flores amarelas aos montes. E o macaco prego comendo frutas de murici, estes macacos estavam aos montes, uns 20, bem em cima do Meliponário e olha que esse bicho foi um grande vilão nos tempos de Amazonas, mas por aqui parecem dóceis e comportados.

2 de jun de 2012

Um Brinde à Meliponicultura de PAZ

Peixoto de Azevedo (PAZ) comemora em grande estilo a inauguração do Meliponário Matriz. Com direito a brinde em cálices cheinhos de mel de meliponíneos, o Prefeito Sinvaldo e o Super Secretário de Agricultura Tiililim receberam convidados e a rede de TV local para anunciar a novidade no Município. Pequenos Produtores do interior aguardam com ansiedade as reproduções do Banco de Matrizes que irá subsidiar a produção de mel Sustentável em Peixoto de Azevedo. Espécies de Melíponas maravilhosas estão sendo manejadas, coisas como seminigra, interrupta grandis, rufiventris, fulva e uma outra não identificada fazem uma movimentação bastante interessante devido a  características diferentes de comportamento . Nossa expectativa é para reproduzir as 15 atuais colônias e chegar a 200 em 24 meses. Link para ler a matéria escrita: http://www.matupanews.com.br/noticias-editorial-ver.php?id=28503

14 de mai de 2012

Reprodução Controlada - Cumprindo o Prometido

Iniciamos a importante etapa de reprodução controlada no programa de Meliponicultura Vale do Teles Pires – MT. É um evento motivador para todos, verem as poucas abelhas encontradas sendo reproduzidas. Um bom exemplo é Nova Monte Verde que em 3 dias pulou de 6 para 16 colmeias, contando com reproduções e novas 3 colmeias localizadas e manejadas. Vai ser bem bacana chegar ao número proposto de 200 Matrizes e posteriormente incentivar a Meliponicultura nos quintais dos sitiantes com colônias provenientes deste Meliponário Matriz. O Link a seguir mostra o início dos trabalhos, vale a pena dar uma olhadinha http://www.youtube.com/watch?v=W-zKFaB6ABE . Fotos: Momentos da reprodução em Nova Monte Verde.

5 de mar de 2012

Simples Como Tudo Começou

Coordenar a Gestão do Programa de Meliponicultura Vale do Teles Pires tem sido uma experiência fantástica.
Já nem me lembrava mais, como é prazeroso manejar Melíponas, isto porque nos últimos 8 anos trabalhei mais na área de Gestão dos Projetos e agora renovo minhas experiências com incríveis oportunidades de pegar em ninhos, abrir velhos troncos, cuidar do corte dos pequenos pedaços de madeira para depois martelar inúmeros pregos para montar as colmeias. Além de preparar o xarope e alimentar as colônias, alimentar até que é fácil, mas a dose exata para colônias de espécies diferentes e potencial de ninhos diferentes tem sido um verdadeiro aprendizado para quem já reproduziu, transferiu e alimentou milhares delas. Nos muitos momentos observando detalhes nos meliponários, retomei ao início do meu trabalho, quando em 2.000 junto de Warwick Kerr descrevemos o modelo de colmeia que deu origem a toda essa minha história. Agora retomo exatamente a criação, compactando ao máximo os ninhos objetivando acelerar o processo de desenvolvimento das colônias para a reprodução. Alimentar as abelhas nativas nestas pequeninas colmeias é muito legal, os bichos ficam muito bem alinhados nestas dimensões, produzir mel vai ser outra etapa, mas agora vais ser reprodução em cima de reprodução e nada melhor que compactar as colônias. Fotos: Colmeia modelo Fernando Oliveira uma coisinha simples de fazer e dar resultado. Conjunto de potes de pólen. Espaço natural e reduzido ocupado por Melipona seminigra.

9 de fev de 2012

A Potente Melipona seminigra

Em muitas ocasiões podemos entender o desenvolvimento de uma colônia pela exuberância da entrada. Neste caso, as colônias no Meliponário Matriz de Alta Floresta, respondem ao manejo de alimentação complementar com população muito ativa  fazendo uma guarda ferrenha nas entradas. Pelotas de resina grudenta nas mais de 2 dezenas de pontinhas no tubo de entrada protegem contra predadores, além das mandíbulas fortíssimas e afiadas da tropa de guardas que completam a proteção da colônia. O reflexo dentro da colmeia é ninho com postura máxima e potes de mel e pólen aos montes e olha que este período é crítico de flores, com as chuvas intermitentes aqui em norte de MT. Considero a Melipona seminigra a  maior produtora de mel da Amazônia e de muito fácil manejo.

8 de fev de 2012

Está em Alta o Meliponário de Alta Floresta

A história se repete. Os ótimos resultados da Meliponicultura em Alta Floresta tem repercutido e a notícia se espalhado. Parece abelhas comunicando, por meio da trilha de cheiro, o caminho das flores. Pessoas visitando o Meliponário e novas colmeias sendo trazidas para receberem cuidados especiais. Junte tudo isto à capacidade técnica e o carinho do Sr. Edson que além de manter o Meliponário sempre arrumado, tem realizado um trabalho maravilhoso com a importante etapa de alimentação complementar neste período de muita chuva e, diria, nenhuma flor. As colônias estão bem desenvolvidas e muito populosas e prevemos as primeiras reproduções para os próximos meses. No quadro de fotos vemos a meliponicultura tradicional em caixotes ou caixas rústicas sendo transformada em Meliponicultura Executiva com o mais completo padrão de tecnologia e práticas de manejo, associado a capacitação técnica dos Meliponicultores.

1 de fev de 2012

Meliponário Matriz Ampliado em Alta Floresta

O Projeto de Meliponicultura em Alta Floresta - MT está avançando dentro do cronograma de trabalho previsto. 220 novos cavaletes e colmeias já estão em faze final de apronto, garantindo as ferramentas necessárias para as futuras reproduções controladas. O projeto vem sendo divulgado pela Prefeitura e novos meliponicultores estão participando levando as suas colônias para serem manejadas e reproduzidas no Meliponário Matriz. Sr. Edson recebeu capacitação e mantém o meliponário organizado e executa o manejo das colônias. Uma época pouco favorável ao desenvolvimento dos meliponíneos por conta das fortes chuvas que castigam a região norte de Mato Grosso e a alimentação complementar tem mantido as colônias bem desenvolvidas.

Seguidores