6 de dez de 2013

Isso Sim é Meliponicultura!!!

Criamos Meliponíneos para salvar o Planeta ou para produzir mel.
Antonilson Rodrigues é Presidente do Iraquara e faz um trabalho maneiro em Itapiranga / AM.
No projeto do Nilson foram coletados 550 quilos de mel e ele desumidificou, besteira né, melhor se tivesse deixado estragar.
Falar de Meliponicultura é fácil, mas fazer o que o Nilson faz é mais fácil ainda, é só morar em um lugar bacana para manejar Meliponíneos.
Hoje recebi um contato sinistro do cara que tava querendo comprar colônias e criar Uruçú BOI (M. fuliginosa), falei para ele que mais fácil criar boi no pasto e se interessar pelas espécies que acontecem ao seu redor, ele me disse que cada um pensa de um jeito, eu disse que não, eu não penso em coisas estranhas.
Parabéns Nilson, vc mostra que salvar planeta com manutenção de abelhas, só se elas produzirem bem estar social.
A foto: Caixote que chamam de colmeia com Melipona seminigra sp e caixote em cima que chamam de Melgueira X com 5 quilos de mel, facinho de coletar. (foto de Antonilson Rodrigues - "o cara!").

13 de ago de 2013

Meliponicultura em Mato Grosso qual Avaliação?

Fazendo uma reflexão sobre o trabalho com as abelhas nativas em Mato Grosso, posso concluir que a Meliponicultura é sempre um sucesso por onde passa. Sempre muito fácil manter e reproduzir meliponíneos, onde as condições ambientais, por menores que sejam, bastam para disseminar a atividade. Uma pena que o poder público local, quase sempre, é muito volátil, com uma das mãos apoia, e com a outra, a caneta não funciona. O projeto não teve a continuidade prevista, e onde está o sucesso? O sucesso está na capacidade de aprendizado com boas práticas de manejo, apresento os números, o melhor número é claro! Alta Floresta, iniciamos com 8 colmeias, chegamos a 30 em 8 meses. Atualmente, sem a presença do gestor, o técnico capacitado informa que estão prestes a chegar ao número de 150. Então, com um mínimo de intervenção, o máximo de tecnologia e capacitação muito pontual em relação ao momento do projeto, posso concluir que Mato Grosso é bem mais biodiverso agora que a 2 anos atrás. Parabéns para Edson Frasseto " o cara da Meliponicultura em MT". O vídeo com o link mostra o entusiasmo inicial, que por "forças ocultas", quase nunca continua. https://www.youtube.com/watch?v=W-zKFaB6ABE

3 de jun de 2013

Olha que caixotinho bacana para criar abelhas que não ferroam

Tava dando uma olhada na internet sobre Meliponicultura.
Nossa, que diferença, em 1999 quando comecei a manejar estes bichos, pouco ou quase nada, era divulgado, e naquela época, poucos eram os meliponicultores. 
Você conhece, números, quantos e quais trabalhos antes de 1999?
Agora ficou mais fácil manejar Meliponíneos, muitas técnicas e tecnologia, eu particularmente gosto de tudo, meu professor me ensinou assim.
Encontrei um Link com o trabalho de 2.000 escrito por Oliveira e Kerr.
Bom dá uma olhada - http://pt.scribd.com/doc/112297222/Divisao-de-uma-colonia-de-jupara-Melipona-Compressipes-manaosensis-usando-se-uma-colmeia-e-o-metodo-de-Fernando-Oliveira
Agora podem explicar porque esse caixotinho tem sido citado com tantos nomes diferentes, com sigla de grande instituição e tudo, fora um buraquinho aqui e outro ali, pauzinho, redondinho, mascaradinho, etc.
Ora vamos lá, dá uma arrumada nisso, quem escreveu por engano, ou fingiu que não conhecia, dá tempo para fazer uma ressalva. Depois não reclama quando mandam a boca na turma!

Seguidores